Tratamentos

Nova terapia em Retinopatia Diabética - OZURDEX

A Diabetes (DM) é causadora de alterações na retina com influencia direta na acuidade visual.

A DM pode provocar sangramentos e tambem edema da região central da retina, chamado de edema macular diabético.

Em 2014 foi aprovado no Brasil a utilização de uma nova terapia através do implante de OZURDEX (medicamento exclusivo da empresa Allergan).

Através do implante do OZURDEX em dezenas de pacientes atingimos sucesso em casos onde não haviam melhoras com as terapias anteriores.

 

Eylea (Nova Droga para DMRI úmida)

Assim como as substancias, Avastin e Lucentis, uma nova droga foi aprovada nos USA para o tratamento da DMRI umida.

 

Em 18 de novembro de 2011, o FDA (orgão regulador nos USA) aprovou Eylea (aflibercept, VEGF-Trap-Eye, Regeneron Pharmaceuticals Inc, Tarrytown, NY) para o tratamento da DMRI exsudativa.

 

Eylea é uma proteína humana receptor chamariz totalmente projetado para contêm domínios de ligação de chave VEGFR1 e VEGFR2, os receptores para o VEGF-a, fundidos com a região Fc constante de IgG1. [3] Esta droga bloqueia todas as isoformas de VEGF-A, bem como o factor de crescimento da placenta (PIGF).

 

A dosagem aprovados pelo FDA para Eylea em DMRI exsudativa é de 2 mg (0,05 ml) por meio de injeção intravítrea a cada 4 semanas durante 3 meses, seguido de administração a cada 4 ou 8 semanas.

 

O regime de dosagem bimensal no rótulo Eylea do FDA distingue de outros aprovados pela FDA injetáveis para DMRI úmida.

 

A droga, denominada Eylea ainda nao foi aprovada no Brasil.

Laser de micropulso

Novos tratamentos para retinopatia diabetica ainda são necessários para se obter melhores resultados visuais e anatômicos. O padrão mundial de tratamento da retina diabética é a terapia com laser. A utilização dos medicamento anti-angiogenicos são parte das medidas complementares nestes tratamentos.

O tratamento com laser foi definido e é utilizado seguindo um protocolo chamado EDTRS, este protocolo estabelece como o laser deve ser aplicado para se obter melhor resultado.

Uma nova modalidade de laser foi lançada e está disponivel para alguns casos especiais de retinopatia diabetica, o Laser de Micropulso. Trata-se de tecnologia semelhante aos lasers utilizados, porém com uma forma diferente de aplicação, possibilitando uma maior aproximação da região central da visão e aumentando o estímulo de laser nestas áreas para aumento da eficácia na eliminação do edema macular.

Para maiores detalhes consulte seu oftalmologista ou acompanhe noticias aqui no proretina.com.br.

secaodoencas-clip_image002

Laser - diferentes aplicações em oftalmologia

* Fotocoagulação de Argônio - Laser fotocoagulador utilizado em doenças vasculares da retina (retinopatia causada por diabetes melitus, retinopatia por hipertensão arterial, etc.) e para o tratamento de rupturas de retina causadoras de descolamento de retina.

* YAG Laser - Laser não fotocoagulador, utilizado para " cortar " finas estruturas intra-oculares, geralmente causadoras de opacidades dos meios de visibilização, frequentes após a realização de cirurgias de catarata. Tambem utilizado em aberturas da iris para facilitação do fluxo ocular em casos de glaucoma.

Medicamentos Utilizados no Tratamento das doenças degenerativas Maculares (DMRI)

Lucentis - Ranibizumab - Medicamento com propriedades de bloquear a formação de neovasos retinianos. Desenvolvido para utilização em doenças degenerativas maculares, em fases exsudativas. leia mais em doenças...

tratamentos-lucentis

tratamentos-images1

Ilustração de uma aplicação de Ranibizumab (Lucentis)

 

Avastin - Bevacizumab - Medicamento com propriedades de bloquear a formação de neovasos retinianos. Precursora da Ranibizumab (Lucentis). Utilizado em doenças degenerativas maculares em fases exsudativas. Leia mais em doenças(DMRI e Diabetes e retina)

Triancinolona - Medicamento com propriedades de diminuir processos inflamatórios oculares. Utilizada em doenças degenrrativas maculares em fases exsudativas. Leia mais em doenças...

Visudyne - O PDT (Photo Dinamic Teraphy) – Terapia Fotodinâmica, é o primeiro tratamento para Degeneração Macular Relacionada a Idade (DMRI) que não causa a destruição da retina tratada. Seus resultados são limitados, permitindo apenas uma menor piora da doença.